Czar - Vinho Licoroso do Pico


"O vinho Czar é muito peculiar pela morfologia do solo onde as suas videiras se expandem, ao clima e à minuciosidade do tratamento das suas vinhas, à forma como é feita a sua vindima, e até a maneira como é elaborado e guardado. Daí que seja único no seu aroma, no seu paladar, na sensação que deixa em quem o degusta e, como tal, incomparável pela sua singularidade. Por se tratar de um vinho totalmente natural, sem adição de qualquer tipo de álcool, açúcar ou leveduras, a sua composição varia de acordo com o grau de maturação e as condições climatéricas incertas de cada ano, podendo aparecer como seco, meio seco, doce ou meio doce. Provém de uma vinha centenária que se encontra na zona dos lajidos da Criação Velha, na Ilha do Pico, zona património mundial classificada pela UNESCO. É um vinho que naturalmente atinge 18% de graduação (e às vezes mais). Essa virtude deve-se às características peculiares das castas tradicionais de que é feito: Verdelho, Arinto dos Açores e Terrantês do Pico. Mas também ao tipo de solo de pedra vulcânica (lajido), à desfolha realizada alguns dias antes da vindima tardia, para permitir uma maior exposição solar dos cachos, ajudando na sobre maturação das uvas. O vinho Czar já ganhou vários prémios, inclusive medalhas de prata e de ouro, sendo considerado o melhor vinho licoroso dos Açores. Em Novembro de 2011 ganhou uma medalha de ouro numa feira internacional de vinhos em Moscovo. Também já foi considerado um dos melhores vinhos Portugueses pela revista "Néctar" em 2005. Mais recentemente, em Novembro de 2013, o conceituado crítico de vinhos Português, Nelson Moreira, considerou a colheita de 2008 como um fenómeno da natureza, que certamente irá ficar na história de vinhos dos Açores. Foi dado a este vinho o nome "Czar" porque após a revolução Russa em 1917, foi encontrado vinho licoroso da ilha do Pico nas caves do último Czar, Nicolau II. Este vinho era embarcado em barricas na ilha do Pico, por barcos enviados propositadamente pelos Czares, para os seus banquetes reais. O vinho licoroso Czar, de José Duarte Garcia, é hoje produzido pelo filho Fortunato Garcia. que pretende continuar a produção de um vinho cujo reconhecimento chega dos quatro cantos do mundo."

in Blog Cais do Pico

40 comentários:

  1. Sempre a ensinar-nos :)
    Adoro as tuas partilhas.
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
    www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
  2. Adorei conhecer as vinhas nos Açores, é muito engenhosa a forma como o fazem.
    Só é pena eu não gostar de vinho...
    Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não gosto de vinho (aliás, não gosto de nenhum tipo de bebida alcoólica) mas destes eu gosto! São diferentes, muitíssimo agradáveis. Até nos esquecemos que são uma bebida alcoólica (embora como mencionei estes vinhos não levam álcool, é um vinho completamente natural por isso a percentagem de álcool que tem acontece devido aos outros factores que expliquei)! Beijinhos

      Eliminar
    2. Então se tiver oportunidade tenho que experimentar esse! :)
      Beijocas
      --
      O diário da Inês | Facebook | Instagram

      Eliminar
    3. Na quarta vou dar a conhecer a garrafa, assim é mais fácil reconhecer quando vires! beijinhos

      Eliminar
  3. Amo vinho de paixão!! Só de ler a descrição já me deu água na boca!
    Obrigada por compartilhar conosco essa história de vitórias!
    Beijos e ótima semana pra ti! =)
    www.deliciasdavodeo.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Andrea, se pudesses provar este vinho não quererias outra coisa! Beijos

      Eliminar
  4. Não sou apreciadora de vinho, e como sou só eu e a joana raramente há vinho em casa. quando vamos comer fora também nunca peço vinho. Passo meses sem beber.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também dispenso! Nem sequer do cheiro gosto! Mas este é muito especial, foi o único que até hoje me arrebatou! Beijinhos

      Eliminar
  5. Se há coisa que gosto é de um bom vinho, combinado com uma boa refeição!

    Vou ter de experimentar esse ;)

    Beijinhos
    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes não são tanto para acompanhar a refeição, são mais para aperitivo ou para comemorar! Numa comemoração é onde ele se encaixa bem! Qual champanhe qual quê!! ;-) Beijinhos

      Eliminar
  6. Olá amiga!
    Eu adoraria provar esse vinho, adorei a descrição!

    Bjs, ótima semana! ♥

    ResponderEliminar
  7. Eu não sou muito fã de vinho, mas de um tempo p/cá passei a perceber que as pessoas que eu conheço e que bebem vinho, são as mais saudáveis.
    Meu avô tomava um cálice no almoço e outro no jantar e tinha uma saúde de ferro. Morreu por causa de uma queda e não por doença.
    Passei a tomar vinho né? kkk
    Bjsss amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E então se você beber deste que é completamente natural ainda melhor! Beijos

      Eliminar
  8. Confesso que não gosto de vinho, mas dos licorosos até gosto, principalmente no fim de uma refeição a acompanhar a sobremesa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Entao tenho a certeza que deste ias gostar! É maravilhoso! Beijinhos

      Eliminar
  9. Mais um excelente produto dos Açores que muito bem divulgas. Já tinha ouvido falar deste vinho e dos prémios que recebeu,mas ainda não o provei. Imperdoável! Gostei de saber da história por trás do seu nome.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há sempre historia que vale a pena conhecer! Que bom que temos nos Açores produtos e historias de sucesso como estas! Beijinhos

      Eliminar
  10. Não percebo muito de vinhos (embora ache que até deva ser interessante - adorava ser uma daquelas pessoas que sabem identificar todos os ingredientes e ano e não sei que mais, é mesmo profissional :P), mas esse realmente parece de qualidade :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não percebo de vinhos, apenas sei dizer se é bom ou mau! E quanto a este posso dizer que é muitissimo bom! Beijinhos

      Eliminar
  11. Não conhecia, mas pela descrição que fazes parece ser muito bom! Eu sou apreciadora, embora pouco perceba mas gostava de provar este! Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Não conheço o vinho! Nem a ilha do Pico :(
    Só fui a São Miguel por duas vezes! Da próxima vez tenho mesmo que ir lá!
    Um beijinho grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então tens de conhecer ambos! O vinho é maravilhoso e a ilha é linda! São Miguel é uma ilha lindíssima mas as restantes ilhas dos Açores não lhe ficam nada atrás! Beijinhos

      Eliminar
  13. Já estive no Pico e adorei!
    Também já provei o excelente vinho.
    Esse arquipélago só produz maravilhas!
    Beijo

    ResponderEliminar
  14. Não conheço o vinho. Mas também não sou apreciadora. Adorava mesmo era visitar o Pico!!! :D
    Beijinho

    Recanto com Tempero
    http://recantocomtempero.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois de provares acho que ias mudar de opinião! Eu também não gosto de vinho, só que este é tão agradável e surpreendente que até nos esquecemos que é vinho! Tens de tratar de vir visitar o Pico, mas não é só o Pico, pelo menos mais 3 ou 4 ilhas! Beijinhos

      Eliminar
    2. Acredito!!! ;)
      E espero um dia ter oportunidade de conhecer alguns desses lugares... visitar as nossas magníficas ilhas!
      Beijinho e bom fim de semana.

      Eliminar
  15. Na passada sexta-feita tive a segunda aula de vinhos do meu curso, logo no início estava toda triste a pensar ... puxa os nossos vinhos têm ganho tantos prémios e ninguém fala deles aqui s+o se falam dos vinhos franceses, Italianos e mais recentemente Chilenos e Australianos... mas e nós até que num dos slides da aula asobre food pairing dizia o nome de 1 prato de carne e um vinho, peixe e outro vinho... e no meio Bacalau = Red Vinho Verde ... claro que fui hà lua e voltei e ainda disse ao professor Bacalau leva um H hehehe mas ele passou à frente muito rápidamente de tivesse lido estas informações mais cedo tinha sido diferente :) Eu só gosto de vinhos doces tenho mesmo um dentinho doce gosto de vinho do porto, moscatel mas custa-me muito acompanhar as refeições com vinho... tenho tanta pena...

    www.therasiathecook.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se gostas de porto ou moscatel entao ias adorar este! É assim qualquer coisa do outro mundo! Beijinhos

      Eliminar
  16. Já tinha visto este vinho algures mas nunca tinha ouvido opiniões nem qualquer tipo de informação sobre ele. Ainda bem que existem espaços destes que nos dão a conhecer o que de melhor se faz nos Açores. Obrigado. João

    ResponderEliminar
  17. ok, ok absolutamente convencida pela fantástica descrição!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um vinho que até dispensa apresentações de tão bom que é! Beijinhos

      Eliminar
  18. Este magnífico vinho 'CZAR', que é produzido em vinhas que são uma autêntica lição de vida,
    http://caisdopico.blogspot.pt/2015/11/vinha-da-ilha-do-pico-uma-licao-de-vida.html
    Por vezes, devido a anos de condições climatéricas excecionais, é uma autêntica dádiva dos deuses,
    http://caisdopico.blogspot.pt/2014/10/vinho-licoroso-czar-de-2009-e-uma.html
    Sendo que o 'CZAR' fez recentemente um enorme sucesso numa feira internacional de vinhos em Londres,
    http://caisdopico.blogspot.pt/2015/06/vinho-licoroso-czar-faz-sucesso-em.html

    Haja saúde!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sem dúvida um produto de excelência! um abraço

      Eliminar

Grata pelo seu comentário!