Inhame dos Açores




Como definir o inhame?! Acho que é daquelas coisas que só mesmo provando! Para começar, a primeira foto, que já vos tinha mostrado neste post, é a planta do inhame. A Colocasia Esculenta (designação desta espécie de inhame), é uma planta herbácea vivaz com grandes folhas que podem atingir 70cm de comprimento por 60cm de largura. Em "açorianês" falando, esta planta tem uma raiz (rizoma/tubérculo) algo áspera e rugosa, de cor acastanhada escura, cuja grossura e comprimento são variáveis. O interior é farinhoso (farinhento como dizemos cá), com uma cor que pode variar do branco ao rosado, depois de apanhado ganha uma cor azulada/arroxada e depois de cozido volta a ganhar a sua cor original. A planta do inhame desenvolve-se melhor em lugares húmidos e é por isso muitas vezes cultivada junto às ribeiras (cursos de água). Pode também ser cultivada em lugares mais secos, mas geralmente os inhames de água (os que são cultivados em lugares húmidos) costumam ser melhores, mais saborosos e menos fibrosos, chegando até a ter uma textura amanteigada. Desde a plantação até à apanha (colheita) o cliclo dura de 8 meses a 2 anos. Após este tempo os inhames continuam a poder ser apanhados mas tendem a crescer demasiado e a perder qualidade. Os inhames podem ser cozidos, fritos, assados, e o sabor pode ser adocicado ou salgado dependendo do modo como são cozidos (se com açúcar, se com sal). Os inhames constituem a base de alguns pratos tradicionais Açorianos, servem de acompanhamento a preparados de carne e enchidos fumados. Quase não há restaurante que se preze que não tenha inhames com linguiça e/ou torresmos disponíveis na ementa! Na nossa ilha de São Jorge, em particular nas Fajãs, os inhames constituíam a base da alimentação de grande parte da população. A importância era tal que os inhames se encontram representados no brasão do Concelho da Calheta e também no brasão da freguesia da Ribeira Seca. Nos finais do século XVII uma tentativa de alteração das regras de cobrança do dízimo (imposto) sobre o inhame levou a um levantamento popular conhecido como Revolta dos Inhames, que só ficou resolvida após o envio de tropas à ilha! E para quem não conhece o inhame, deixo-vos uma foto com os inhames já cozidos. Este vieram de uma das fajãs desta ilha e foram cozidos em forno de lenha o que faz com que os inhames fiquem ainda mais saborosos! Na travessa ainda com a "casca" e no prato já prontinhos a comer! Por vezes quem prova não consegue gostar! Talvez porque não gosta mesmo ou acredito que possa ser por não provar um inhame de qualidade! Quando o inhame não é bom, não é bom mesmo! Mas quando é bom, é uma maravilha! E sabiam que pode ser usado em doces?! Isso mesmo! Em queijadas, bolos, pudins! O que a imaginação permitir! Por isso, se provarem inhame e não for amor à primeira dentada, por favor dêem-lhe uma segunda oportunidade!

Se quiserem saber mais basta consultar a fonte no Wikipedia

42 comentários:

  1. Bom dia amiga!
    Inhame é versátil e faz muito bem à saúde.
    Eu adoro suco de inhame!

    Bjs, ótima semana! ♥

    ResponderEliminar
  2. Adorei ficar a conhecer um pouco mais sobre o inhame! Como já te tinha dito quando provei não gostei (era meio acinzentado o que eu provei), mas numa próxima oportunidade voltarei a provar, até pode ser que goste! :)
    Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até podes não gostar o inhame, mas das queijadinhas tenho a certeza que ias adorar! Beijinhos

      Eliminar
  3. Nunca provei innhame. Obrigada pela informação sobre este. Pode ser que um dia destes prove :)
    Beijinhos!!

    http://bimbysaboresdavida.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aconselho vivamente! Mesmo que não gostes, vale a pena a experiência! Beijinhos

      Eliminar
  4. Desconhecia completamente,...agora fiquei curiosa com o sabor,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
  5. Oi amiga!
    Muita gente não gosta de inhame, eu adoro. Uso muito em sopas, em cozido, ensopados e até em suco eu já usei. Minha avó dizia mesmo que ele é um ótimo purificador do sangue e ainda bem que eu gosto kkk
    A folhagem dele é linda!
    Bjssss amiga e uma semana abençoada p/vcs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também adoro! É mesmo bom! Gosto tanto que sou capaz de comer simples sem mais nada! Beijos

      Eliminar
  6. Aqui em casa há sempre inhame. Gostamos dele com molho de vilão para acompanhar o peixe, cozido simples no cozido à portuguesa e até em queijadas. Tão bom! Claro que tem de ser bom, senão ninguém o consegue comer. Dizemos então que ele é "cana", para significar que é rijo e não presta, eheh
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou doida por inhame! E cozido e depois cortado em rodelas e frito?! É melhor nem lembrar! Beijinhos

      Eliminar
  7. Já tinha ouvido falar do inhame mas confesso que nunca comi. Agora fiquei a saber um pouco mais sobre ele e isso aguçou-me a curiosidade :)
    Beijinhos, se quiseres vem visitar-me em
    gulosoqb.blogspot.pt
    facebook.com/gulosoqb

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há várias espécies, mas este dos Açores posso garantir que é ótimo! E é bom também para a dieta! Beijinhos

      Eliminar
  8. Adoro inhame, cozido, frito e cá não há, só como quando vou aos Açores a S. Miguel, obrigada pela divulgação destas maravilhas, beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nas lojas de produtos Açorianos costuma haver, pelo menos na Loja Açores e na Mercearia dos Açores acho que costumam ter, só não sei se é todo o ano! Beijinhos

      Eliminar
  9. Mais uma coisa que descobri aqui pelo blogue :P desconhecia totalmente este ingrediente :O estou curioso com o seu sabor :P

    Grande beijinho
    De aprendiz a chef

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se tiveres oportunidade de experimentar, arrisca! Pode ser que gostes! Nós Açorianos gostamos muito! Beijinhos

      Eliminar
  10. Linda, eu não gosto!
    Beijinho
    http://postigodosmeusdoces.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A sério? Já experimentaste cozido depois cortado em rodelas e frito? É tão bom! E em queijadas?! Ai, acho que nas queijadas ias gostar! Fiz pelo Natal umas quantas vezes, toda a gente adorou e ficaram todos estupefactos quando revelei do que eram, não queriam acreditar! Beijinhos

      Eliminar
  11. Engraçado a folha é parecida com a do ruibarbo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estas são enormes! Há plantas do inhame muito maiores que eu! Beijinho

      Eliminar
  12. Já ouvi falar mas nunca comi... A provar.
    Beijinhos,
    Clarinha
    http://www.receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2016/02/bolo-de-crepes.html

    ResponderEliminar
  13. Embora so tenha comido uma vez, gostei muito. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que é daquelas coisas que ou se ama ou se odeia! Eu amo! Beijinhos

      Eliminar
  14. Respostas
    1. Também adoro! É mais um produto de excelência das nossas ilhas! Beijinhos

      Eliminar
  15. Nunca provei, mas gostava... Faz lembrar batata doce ;) beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode ter alguma semelhança em termos de textura mas garanto que é completamente diferente em termos de sabor! Beijinhos

      Eliminar
  16. Muito bom! Adoro!!!!!

    Beijinhos
    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  17. Gosto muito de fazer no forno, mas pelos vistos há muitos outros usos que tenho de explorar :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens de experimentar cozido e depois cozido, cortado em rodela e passado na frigideira com um pouquinho de óleo até tostar! É divinal! Beijinhos

      Eliminar
  18. Gosto tanto!!!!!!!!!!!!!!
    Quando chego a S. Miguel é das primeiras coisas que compro! Cá comprava os do Brasil, mas nem esses tenho visto à venda.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai D. Teresinha, nem me diga nada! Gosto tanto, tanto! Ainda hoje foi o meu jantar para acompanhar lingua de vaca! beijinhos

      Eliminar
  19. O nome não me é estranho, embora que eu saiba nunca comi nada que levasse inhame.
    Beijinhos e bom restinho de semana.
    Pinta

    ResponderEliminar
  20. Nunca provei mas tenho curiosidade! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando o inhame é de qualidade é muito bom! Eu adoro! beijinhos

      Eliminar
  21. Acho que nunca provei... Fiquei curiosa!
    Bjs
    Ana
    http://www.receitasfaceisrapidasesaborosas.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem todos conseguem gostar mas não há como provar para saber! Eu adoro! Ainda hoje fará parte do almoço! Beijinhos

      Eliminar

Grata pelo seu comentário!